sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Nascer de Novo

Por Confrade Paulo
.
"Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus". (Jo 3,3)
.
Com certeza essa é uma das declarações mais belas do Cristianismo. Temos de nascer de novo, não de uma maneira natural e sim espiritual! Nascemos de novo quando aceitamos os convênios do Batismo, nascemos de novo quando aceitamos uma vida dedicada à busca da VERDADE em Cristo Jesus. E quem não nascer dessa nova forma não poderá ver o Reino de Deus (Conf. João 3,3). Esse nascimento deve ser diário, diligente, buscando sempre o refúgio da Retidão para nos proteger das concupiscências do Mundo. Jesus Cristo representa esse novo nascimento, sua ressurreição nos trouxe a Vitória contra o pecado que é a morte espiritual, então devemos abandonar o homem natural e nascer como um novo homem, o homem espiritual. O homem natural é inimigo de Deus, mas quando renasce em Cristo e se torna homem espiritual começa a entender o Plano Divino e entregar-se a Ele (conf. I Cor 2,14-15). É em Cristo que renascemos e assim devemos fazer todos os dias, buscando esse nascimento novo, em espírito. As águas do batismo são o sinal de que escolhemos ser renovados em Cristo, mas não é o fim, é o começo de uma jornada rumo ao Reino de Deus, tendo em Cristo, CAMINHO, VERDADE E VIDA.(conf. João 14,6) Nesse caminho teremos fome, teremos sede, e Crito será nosso Pão, o Pão da vida, Ele matará nossa sede com as águas da fonte da Vida.(conf. João 4,13-14 João 6,35) O Cristão terá de renascer e ranascer a cada pecado, cada transgressão, sendo diligente e acima de tudo humilde, pois dos humildes será o Reino dos Céus!(conf. Mateus 5,3) Como é difícil entendermos que precisamos nascer de novo, mais difícil ainda é entender que teremos de fazer isso todos os momentos em que permitirmos que nossos corações se afastem da glória de Cristo. Mas o Senhor é bom e em sua infinita benignidade nos concede os influxos do Santo Espírito, que nos guia a todo momento!!!

"Jesus é paciente, manso e humilde de coração e, por isso, compreende nossas fraquezas, nossas hesitações e espera, com amor, o momento de nossa verdadeira conversão. Ele vai nos moldando, acompanhando nossas pequeninas vitórias, dando-nos oportunidades de resgatar o amor a Ele e ao próximo, de acolher os pequeninos, de perdoar e pedir perdão; enfim, ajudando-nos a vivenciar o processo que nos conduz à PLENA CONVERSÃO".

Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo!