terça-feira, 16 de junho de 2009

Cristãos gays fazem protesto durante parada gay

Um grupo de cristãos gays levou cartazes de protesto durante a 13ª Parada Gay, neste domingo, em São Paulo, com dizeres relacionando Deus com a orientação sexual. Eles estavam atrás do trio principal do evento. Segundo Égleton Estevão Gaia, 25, há muito preconceito contra os homossexuais em igrejas evangélicas.

Veja toda a matéria em
Folha on line


Esta discussão está longe de terminar...

Conforme minha postagem anterior sobre este tema, estamos chegando a um nível em que, ter uma opinião desfavorável ao movimento gay será considerado como preconceito.

Pensemos... Uma vez concedida pela sociedade, todas as prerrogativas e os direitos que são reclamados pela comunidade homoafetiva, nenhum cidadão neste país poderá mais expressar sua discordância contra, não a condição, mas o comportamento homossexual? Estão realmente todos seguros que o comportamento homossexual não está, de forma alguma, culturalmente condicionado e influenciado, além de poder também ser aprendido, e não somente uma condição com a qual se nasce? Porque, se apesar de tudo, for um comportamento que também pode ser aprendido, não há porque impedir que se propage um comportamento contrário, em meu sentir, não obstante, ninguém ter neste país, o direito de impedir que dois adultos façam de si mesmos aquilo que bem entenderem no que tange à sua orientação comportamental referente à sua sexualidade.