terça-feira, 30 de junho de 2009

SOBRE A

VONTADE

DE DEUS

"Esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição, que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade..." (I Tessalonicenses 4.3).

A vontade de Deus é a nossa santificação, neste versículo, em oposição à prostituição. Prostituição, neste contexto, é muito mais do que apenas vender o corpo para dar satisfação sexual a alguém, mas é toda a rede de relações sexuais que contrariam o propósito de Deus em nossa vidas. O padrão bíblico para a sexualidade é que ela seja realizada somente com o cônjuge, ou seja, no abençoado leito sem mácula de que nos falam as Escrituras.

Mas a prostituição não fica somente no campo dos atos sexualmente ilícitos, mas em toda uma rede de intenções depravadas que fazem parte de nossa rede social. O culto a Eros vive em pleno reavivamente, e, a exploração da sexualidade humana continua a todo vapor. Talvez a exposição e exploração do corpo humano nunca tenha sido tão grande para que se coloque a venda todo tipo de coisas, e me pergunto se também não podemos chamar de "pornea" todo ganho financeiro com a própria imagem, ainda que não haja consumação do ato sexual em si, seja através de novelas, revistas, filmes, internet, etc.

Não é isto que Deus quer para nós. Ele que a nossa santificação, que significa a consagração de todo o nosso ser. Fomos resgatados pel osangue de Cristo para coisas melhores do que estas. Não façamos parte, nem ativa, nem passivamente a esta rede de coisas que não agradam ao Senhor.

Isto é tão sério que, logo em seguida o apóstolo completa:

"Portanto, quem rejeita a isso não rejeita ao homem, mas sim a Deus, que nos dá o seu Espírito Santo" (I Tessalonicenses 4.11)