quarta-feira, 22 de julho de 2009

CHEIOS DO ESPÍRITO...

Se o cabra hoje não sente um arrepio, não rodopia, não grita, não fala em línguas, etc... Este não pode estar cheio do Espírito Santo...

Estamos em um nível de espiritualidade em que esta é medida na mesma proporção em que o sujeito expressa seus dons (ou "dons" ?) carismáticos.

Se a pessoa for simplesmente normal, ela não pode estar cheia do Espírito Santo...

Se tudo o que ela tiver for uma bondade, preocupação pelos pobres, domíno próprio, simpatia, conhecimento da palavra, hospitalidade, tranquilidade, entre outras coisas... Isso só não prova que ela é cheia do Espírito Santo... Agora se rodopia, grita, prega cantando, fala em línguas... UAU!

Estamos vivendo em uma "Disneylândia" espiritual ? (N.T. Wright)

Têm aumentado os dons (ou "dons")... Mas será que tem aumentado a bondade no mundo, e a qualidade do nosso cristanismo?