terça-feira, 22 de setembro de 2009

Máximas sobre a conduta de vida - Parte II - Por Teresa D'Ávila

11. Nunca peça desculpas por você, exceto quando for muito provável que esteja certo.

Talvez, uma forma de evitar a falsa humildade.

12. Nunca mencione alguma coisa sobre si com respeito aquilo que mereça elogio como formação escolar, suas virtudes ou posição social, a menos que espere que algum benefício possa advir disso. Assim, se você falar sobre estas coisas, faça-o com humildade, e sempre se lembre que estes dons vêm das mãos de Deus.

O cristão deve evitar a ostentação em todas as áreas de sua vida; entretanto, também se deve evitar a falsa humildade. As boas obras também devem aparecer para servirem de exemplo e inspiração.

13. Nunca exagere, mas expresse suas opiniões com moderação.

Até mesmo porque, você poderá estar errado. E o duro é estar miseravel e ousadamente errado.

14. Em todas as suas conversas e diálogos, tente sempre introduzir temas espirituais. Desse modo, você evitará palavras fúteis e caluniadoras.

Nossa fala deve ser edificante, como que ministrando graça aos que nos ouvem. As palavras dizem muito aquilo que somos.

15. Nunca seja dogmático, a não ser que esteja muito certo de que é verdade.


É frustrante conversar com um "sabe tudo" que não admite a opinião alheia.

Leia também a Parte 1.