terça-feira, 8 de setembro de 2009

Sobre a caridade


SOBRE A CARIDADE


"A caridade leva-me a buscar muito mais do que a satisfação dos meus desejos, mesmo se são orientados para o bem alheio. Ela deve, também, fazer de mim um instrumento da Providência divina na vida do meu próximo. Devo convencer-me e me deixar penetrar do sentimento de que, sem o meu amor pelos outros, podeser que não levem a cabo as coisas que Deus teve em vista para eles. A minha vontade deve ser o instrumento da vontade divina, ajudando-os a realizar o seu destino. O meu amor deve ser-lhes o "sacramento" do amor misterioso e infinitamente desinteressado que Deus lhes tem. O meu amor dever ser para eles o ministro, não de qualquer espírito, mas do Espírito Santo. As palavras que lhes falo não devem ser outras senão as de Cristo, que em mim se digna revelar-se a eles".


(MERTON, Thomas. "Homem algum é uma ilha". Ed. Verus, p.22-23)