quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Monarquia da Jordânia convoca líderes religiosos para analisar a situação da área


Amã (RV) – A partir de terça-feira, 3, cerca de 70 líderes das Igrejas e comunidades cristãs do Oriente Médio estarão em Amã reunidos em uma cúpula promovida pela Monarquia jordaniana e patrocinada pelo príncipe Ghazi bin Mohammad, conselheiro do Rei para assuntos culturais. 

Patriarcas, delegados patriarcais, bispos e sacerdotes de todas as Igrejas cristãs da região vão analisar problemas e desafios dos cristãos em sua vida cotidiana. No encontro, sessões de estudo vão aprofundar os acontecimentos no Egito, Síria, Líbano, Iraque, Palestina e Jordânia. O Cardeal Jean-Louis Tauran, Presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, confirmou sua participação no evento. 

De acordo com o Arcebispo Maroun Lahham, Vigário patriarcal para a Jordânia do Patriarcado de Jerusalém dos Latinos “é relevante o fato que o encontro tenha sido idealizado pelo Rei Abdallah II, que acaba de ter um importante encontro com Papa Francisco. A Família real da Jordânia quer recolher opiniões e informações para poder oferecer uma contribuição concreta na solução dos problemas que afetam a condição de vida de muitas comunidades cristãs autóctones do oriente Médio”. 

Estarão em Amã também o Patriarca latino de Jerusalém, Fouad Twal, o Patriarca greco-ortodoxo de Antioquia, Yohanna X al-Yazigi, residente em Damasco e irmão do Metropolita de Aleppo Boulos al-Yazigi, sequestrado em abril passado por desconhecidos com o Metropolita sírio-ortodoxo de Aleppo Mar Gregorios Yohanna Ibrahim. 
(CM)


Texto proveniente da página do site da Rádio Vaticano 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...