sexta-feira, 13 de março de 2015

O discípulo Ananias



“Ora, havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. Disse-lhe o Senhor em uma visão...” (Atos 9.10).

Ananias foi um homem que de Jesus recebeu uma visão. Ele deveria ir até Saulo, o grande perseguidor dos cristãos, que naquele momento, estava ferido de cegueira, e orando. Quais as possíveis características que fizeram com que Ananias fosse incumbido de tão grandiosa visão da parte do Senhor?

Ananias é chamado de discípulo. Discípulo é um seguidor, alguém obediente ao seu Senhor. Alguém que toma a sua própria cruz, nega a si mesmo e segue o Mestre, independentemente das  consequências. Somente um discípulo pode ser guiado pelo seu mestre.

Podemos ver que ele é um discípulo disposto, pois quando Jesus o chama, ele responde “Eis-me aqui”. Esta é uma expressão de disponibilidade na presença do Senhor, conforme profetas do calibre de Samuel e Isaías já proferiram. Talvez muitos não recebam mais instruções diretas da parte do Senhor por falta de disponibilidade.

Ananias era também um homem de intimidade com Jesus. Embora discípulo e disponível, ele não teme questionar respeitosamente a ordem que recebeu, pois Saulo era um perseguidor. Entretanto, Jesus, carinhosamente, esclarece para o seu discípulo o motivo de sua ordem.

Ele era alguém de muita coragem. Se Deus mandasse algum de nós pregar o evangelho para alguém que queria nos prender ou matar, certamente teríamos um certo temor. Poderíamos até vacilar em cumprir tal ordem. Talvez nós não queiramos mais receber direções diretas da parte do Senhor por falta de coragem de cumprir suas ordens.

Finalmente, ela era alguém que poderia orar e, de algum modo, ser um instrumento usado pelo Senhor para encher Paulo do Espírito Santo (vers. 17). Será que nós temos esta capacidade de orar por alguém para ser cheio do Espírito Santo? Ninguém pode transmitir o que não tem! Um humilde discípulo orou por aquele que seria o grande apóstolo dos gentios e o batizou. Um privilégio que demonstra que mesmo o maior dos obreiros precisa de alguém para lhe conduzir e apoiar.

Que possamos ser como o discípulo Ananias, que recebia ordens ee visões da parte do Senhor.