terça-feira, 9 de junho de 2015

O desrespeito às imagens religiosas e a revolução

Existem representantes do movimento LGBT que vilipendiam imagens religiosas, notadamente cristãs, introduzindo-as em seus próprios orifícios e fazendo cenas de deboche. 

Estes grupos, em minha opinião, não buscam somente ampliação de direitos de cidadania. Eles querem o confronto direto mesmo.

Isso porque, são revolucionários. E no novo mundo que almejam não há espaço para convivência, pois são intolerantes para com a religião cristã.

Eles também sabiam que haveria uma reação conservadora. Logo, eles querem mesmo o confronto. E sabem que, em um espaço curto de tempo não ganharão o que querem. Mas neste choque dialético, acabará sobrando algo, que se não é a consumação de seus objetivos, é mais do que hoje possuem (um passo para frente em seus intentos). De qualquer modo, o objetivo ideológico de tais grupos é muito maior do que meramente mais direitos à comunidade gay. Tanto é que eles sequer se importam com o apoio que muitas igrejas cristãs progressistas dão aos gays, senão não desrespeitariam os símbolos comuns de todos os cristãos.

O que fazer?

Orar por eles. Chorar por eles. Dar a face. Ser voz profética. Não confundir alguns com o todo pois ainda creio que a grande maioria dos homossexuais respeita a religião. E suportar, com ajuda de Deus, a perseguição que provavelmente virá.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...