sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Unidos a Cristo

Aquele que se une a Deus é uma só alma com Ele. Não há alvo mais sublime a que um ser humano possa almejar. Ser um com Cristo, ser um com Deus. Gozar de uma intimidade tal que, aos leves toques do sopro divino cada qual possa guiar os seus próprios passos em sua caminhada. Quando o profeta proclamou que ninguém mais precisaria ensinar ao seu próximo (Jeremias), penso que é nesta intimidade em que estava pensando. Disse o filósofo certa vez que, ter o coração puro seria querer Ele, somente Ele (Kierkegaard). Talvez não haja realmente melhor definição para pureza de coração do que esta. Possuí-lo e ser inteiramente por Ele possuído. Ter o caráter e as mais profundas intenções transformadas pela influência divina.

Penso que é por isso, e tão somente por causa disso, tendo em vista a sublimidade de tal relação que somos convidados a deixar os caminhos de morte, de prazer desenfreado, de luxúria, etc, pois tais coisas maculam tal experiência. Quem não teve experiência, a sublime experiência de se ter tido, apenas por um instante, o sentimento da presença divina, não entenderá as mais severas, por assim dizer, exigências do evangelho. Há muitas comunhões no mundo, muitos convites, muitos desejos. Como poderá o jovem manter puro o seu caminho, perguntou o salmista. É observando-o segundo sua Palavra, ; mas há de ser uma observação viva, espiritual, que o remeta à realidade de Deus.

Quem assim agir, não terá mais necessidade de julgar, se medir através do outro, se impor, pois já alcançou tudo, conseguiu o seu tesouro, a paz que excede todo o entendimento, a alegria que não é como o mundo a dá. Não há mais espaço para o ódio. E, certamente, tal influência, tais rios de água viva fluirão de si para saciar a vida de outros.

Penso que não haja melhor alvo do que este na vida. Conhecer e prosseguir a conhecer ao nosso Deus. Entrar na experiência do Cristo e levar outros a ter tal experiência. Eis aí um grande desafio, e algo que certamente vale a pensa concentrar todos os nossos esforços, todo o nosso ser.

Pixabay