segunda-feira, 26 de abril de 2010

Lectio: Bem aventurado os que choram


Lectio: "Bem aventurado os que choram, porque serão consolados" (Mateus 5.4)




Meditatio: Choram porque reconheceram o seu estado de carência diante de Deus.

Sua condição de gente necessitada da graça divina.

Chorou primeiro seus próprios pecados.

Chora porque, alcançado pela graça divina, agora como o mestre, olha pra Jerusalém e pranteia a condição humana daqueles que estão como que sem pastor.

Chora diante da injustiça, diante da sua própria impotência em combater o mal.

Chora porque reconhece a presença de Deus nas pequenas coisas e tem coração grato.

Diferente do mundo que exalta a auto-suficiência e o riso fácil, o bem aventurado chora.

É, como nas palavras de Stott, a contra-cultura cristã.

Oratio: Senhor, dá-nos um coração sensível, como o teu, para, em comunhão com o teu Espírito Santo, aprendermos a chorar a dor do mundo. Tem misericórdia de nós, de todos os que nos rodeiam, e nos ajuda a sermos anunciadores da Boa Nova do Evangelho. Por nosso Senhor Jesus Cristo, que hoje reina, com o Pai e o Espírito Santo, um só Deus, que nós oramos e agradecemos. Amém.


Actio: Temós nós meditado nossa própria condição diante do Pai? E, animados pela graça de Deus, temos chorado a dor do mundo; ou temos permitido que as distrações fáceis nos aliene do sofrimento alheio?