quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Lectio Divina




Por Henri Nouwen

Tomar a Escritura e lê-la contemplativamente chama-se "lectio divina" ou leitura espiritual. A expressão "lectio divina" vem da tradição beneditina e refere-se principalmente à leitura divina ou sagrada da Bíblia. "Lectio Divina" é a antiga prática monástica de ler a Escritura meditativamente - não para dominar a palavra, não para criticar a palavra, mas para ser dominado e desafiado pela palavra. Significa ler a Bíblia "de joelhos", isto é, com reverência, atenção e profunda convicção de que Deus tem uma palavra única para você, exatamentena situação em que você se encontra. Em suma, leitura espiritual é uma leitura na qual permitimos que a palavra nos leia e nos interprete. A leitura espiritual é uma disciplina de meditação sobre a Palavra de Deus.Meditar significa "deixar a palavra descer da nossa mente para o nosso coração". A meditação significa mastigar a palavra e incorporá-la à nossa vida. É a disciplina pela qual deixamos a palavra escrita de Deus tornar-se uma palavra pessoal para nós, ancorada no centro do nosso ser.



(BITUN, Ricardo. Henri Nouwen de A a Z. Vida Acadêmica. p.183-184)


Se tomarmos o termo "sacramento" em seu sentido amplo, qual seja, "o meio natural pelo qual a graça sobrenatural de Deus se revela à humanidade", ou "o meio visível pelo qual a graça invisível de Deus se revela", não poderemos deixar de constatar que as Escrituras são sacramento da presença de Deus em nosso meio. Os teólogos católicos e protestantes deixaram de citar a Palavra em sua lista de sacramentos, não obstante, na prática, a Palavra tenha se tornado o centro do culto protestante, enquanto que a Eucarística, na missa católica. O ideal é que haja equilíbrio entre ambos.