terça-feira, 7 de julho de 2009

Viver é melhor que discutir

VIVER É MELHOR QUE DISCUTIR



Se alguém ensina outra doutrina e não concorda com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com o ensino segundo a piedade, é enfatuado, nada entende, tem mania por questões e contendas de palavras, de que nascem inveja, provocação, difamação, suspeitas malignas, altercações sem fim, por homens cuja mente é pervertida, e privados da verdade, supondo que a piedade é fonte de lucro (1 Timóteo 6.4-5).


Muito mais importante do que falar, discutir e debater, é viver, é ser. E viver segundo as palavras de Cristo. Há muitos que nada são, mas gostam de chamar a atenção sobre si, por causa de questões de contenda, doutrinas sem fim. Antes de qualquer debate teológico, o mais importante é a busca por conformar-se toda a vida às sãs palavras do nosso Senhor Jesus Cristo. Muitos homens na igreja querem demonstrar superioridade intelectual sobre os demais, em uma espécie de orgulho vão. Nada mais deplorável do que a disputa e contenda de palavras entre os irmãos. A verdade sempre prevalecerá, e ela não precisa de altercações apaixonadas. Querer prevalecer pela contenda, pela disputa de palavras, pela mera força do argumento é não ser cristão, pois este prevalece pela vida e pelo poder, e aí sim, também pela sã doutrina.