segunda-feira, 11 de julho de 2011

Caminhando mais uma milha

Lectio:

E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas;


Meditatio:

Naqueles tempos, Israel era dominado pelos romanos.

Era comum algum soldado romano "escalar" algum judeu, pelo caminho, a andar contrário à sua vontade!

"Ei...chega ai, rapaz! Carrega isso aqui pra mim, vai logo!..."

E lá ia o pobre judeu servindo de carregador, guia, etc, para algum soldado...

Pois é...

Jesus determina que, se alguém te obrigar da andar determinado tanto, faça o dobro.

Te exploram um tanto. Tenha disposição para se permitir explorar o dobro...

Para uma mente politicamente revolucionária, este é um princípio detestável; aqui malogram as tentativas de "pintar Jesus de vermelho..."

Permanece, portanto, o mesmo princípio: vencer o mal com o bem, não ser violento, não se vingar.

Isto para que o opressor entenda a irracionalidade, a mediocridade, e a estupidez de sua forma de agir.

Não é dado ao discípulo vencer o mal com o mal.

E no presente caso, como no dar a outra face, nem mesmo invocar princípios de justiça para se safar ("ei, isto não é justo, por isso não faço...).

Jesus disso nos deu exemplo com sua vida...

Caminhou mais uma milha até a cruz...

Esta pessoa te dá trabalho?...

Caminha mais uma milha com ela...

A situação com teu conjuge não está boa?

Caminha mais uma milha com ele; quem sabe Deus o possa transformar?

Teu amigo é um ingrato?

Caminha mais uma milha com ele...

É possível que o momento de maior identificação do discípulo com o seu Senhor seja no momento do sofrimento... Deus te dá este privilégio!

Mas independente disso, é preciso sempre ter a esperança de que o Senhor também sabe livrar aqueles que O buscam de todo coração...

Caminhemos, pois, mais uma milha!!!!