quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Descansando e pensando

Descansar está na mesma lista de mandamentos que não roubar, ou matar. Entretanto, em nossa sociedade capitalista, e tão produtiva, qualquer momento de descanso é tido com desconfiança. Preenchemos o tempo que a tecnologia nos deu com mais trabalho e mais produtividade. E isso pra que, visto que, nada do que possuímos vai durar pra sempre, inclusive nós? O problema é que no intenso ardor das atividades, pouco espaço resta para a reflexão, refletindo-se tal vício inclusive na religião, impondo-se a culpa aos não produtivos. Entretanto, o que de diferente há na espécie humana dos demais animais? Entre outras coisas, certamente, é a capacidade de reflexão. Qualquer outra coisa, como nadar, correr, voar, etc, os animais fazem melhor. Quanto menos pensamos, menos humanos nos tornamos.