quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Igreja perniciosa

Uma das características de uma igreja que age de forma perniciosa, em minha opinião, é que ela retira muitos recursos financeiros da sociedade, mas dão pouco retorno em termos de recuperação de pessoas, promoção da felicidade e ação social, além de engordar sobremaneira os cofres de seus líderes. Além do que, passa a tratar todas as demais igrejas que lhe ameaçam como concorrentes, utilizando todo o seu aparato comercial para, direta ou indiretamente, detonar com aqueles que julgam poder prejudicar seus interesses. Um triste "tiro" na unidade da igreja cristã. Novamente, rasgam as vestes de Cristo...