quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Poder Judiciário X CNJ


Estamos assistindo ao que parece ser uma luta entre o Poder Judiciário Brasileiro e o CNJ. De fato, não tenho condições técnicas de avaliar quem está com a razão. Entretanto, acho triste que algumas pessoas usufruam tanto do Estado brasileiro, enquanto a grande maioria de nós não tem acesso à saúde e a educação de qualidade. Não importa se são membros do executivo, legislativo ou judiciário. Todos deveriam ser servidores, e não se servirem do país. Acho triste que, mesmo no espaço de uma década, mesmo que alguém tenha tal direito, receba como auxílio moradia uma quantia que a grande maioria de nós não recebe nem em uma vida toda. O fosso da desigualdade econômica neste país é muito grande, um ultraje, um escândalo, mesmo dentro da normalidade do sistema jurídico vigente. Mas é claro que aqui, falo como cristão, partindo do pressuposto de que um cristão procura viver uma vida simples e repartir o que tem com os necessitados, seja tal cristão rico ou pobre, e ainda assim, posso estar errado em meu julgamento. Fato é que o CNJ parece estar incomodando muita gente do Judiciário brasileiro.