terça-feira, 4 de junho de 2013

"O Poder do Silêncio"


"São muitos caminhos que conduzem ao silêncio. Cada um de nós deve escolher aquele que lhe convém.

Além de tudo, o caminho para o silêncio não é sempre agradável, e o silêncio não é sempre confortador.

Ele nos confronta com a nossa verdade pessoal, e só quem tem coragem para assumir sua própria verdade pode seguir o caminho que leva ao silêncio e, então, vivenciar neste caminho a paz interior.

Se solicitamos o silêncio, não obtemos de imediato. Diversos recursos se revelam eficazes na busca do silêncio. Entre eles, há  o caminho da natureza, a procura por lugares silenciosos, a meditação, a leitura, as atividades simples e contínuas que nos levam ao sossego. No entanto, todos esses caminhos só me possibilitam o encontro do silêncio se me proponho interiormente a aceitar tudo o que vem a mim. Tudo deve ser permitido, nada reprimido, nada avaliado.

Deixar estar e entregar-se a Deus. Só com este principio podemos nos aventurar ao silêncio e vivenciá-lo como terapêutico e libertador".