segunda-feira, 26 de agosto de 2013

A primeira e a última palavra

A primeira palavra que Jesus disse ao se dirigir a alguém que queria fazer discípulo foi:

"Vinde após mim e eu vos farei pescadores de homens" (Mateus 4.19 - cf. com Marcos 1.17).

E a última palavra que ele disse aos seus discípulos antes de sua ascensão foi:

"Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo" (Mateus 28.10).

Ou seja, a primeira palavra: Vinde após mim. E a última: Ide, portanto!

O primeiro movimento da vida do discípulo é ir após Cristo.

O segundo movimento é: Ide e fazei discípulos.

Em um primeiro momento, é um movimento de chegada, de aproximação, um "centrifugar-se" em Cristo.

Um segundo movimento de espalhar, de envio, de encaminhamento, de missão.

Esta é a vida do discípulo, então. Primeiramente ele se achega a Cristo para aprender. Aprende os fundamentos da fé cristã. Ele vê o seu mestre ensinar, pregar, curar, expulsar demônios, estabelecer a comunhão entre os discípulos, combater os falsos religiosos, orar. Depois, ele vê o seu mestre se retirar, pois ele, o discípulo, também precisa crescer, precisa cortar o cordão umbilical. Assim, Jesus se retira e envia o seu discípulo ao mundo, mas promete que não o desamparará: "eis que estou convosco todos os dias..."

Assim também nós precisamos estar em constante movimento. Não podemos parar em somente um lugar. Precisamos ir, precisamos nos movimentar, precisamos ser enviados, precisamos alcançar, divulgar, evangelizar, discipular, avançar, pois após ir até Jesus, viver com ele, dele aprender, precisamos ir, para espalhar a boa semente, conquistar Canaã, e fazer discípulos de todas as nações.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...