terça-feira, 29 de setembro de 2015

Eslováquia só aceita receber refugiados da Síria se forem cristãos

O governo da Eslováquia aceita receber 200 refugiados sírios, mas exige que todos eles sejam cristãos. A declaração foi dada pelo primeiro-ministro, Robert Fico, que rejeitou o pedido da Comissão Europeia de aceitar 1.200 sírios.

As famílias cristãs já foram identificadas pelo Governo que através de um porta-voz do Ministério do Interior já explicou que o país não em mesquitas, tentando justificar a preferência por não-muçulmanos.

O plano europeu para aliviar a quantidade de refugiados que chegam todos os dias na Itália e na Grécia pede para que os países se comprometam a receber uma grande quantidade de pessoas que fogem da Síria e do Norte da África.

Leia toda a matéria em MTAgora