sábado, 12 de setembro de 2015

Jesus não quis ser rei

Sabendo, pois, Jesus que haviam de vir arrebatá-lo, para o fazerem rei, tornou a retirar-se, ele só, para o monte. João 6:15

Após realizar a multiplicação de peixes tentaram fazer de Jesus rei. Mas nosso Senhor assim não o quis, afastando-se, pois o seu reino "não é deste mundo". Entre as qualidades messiânicas, certamente uma delas não era governar este mundo pelos seus próprios mecanismos de poder.
 
O reino de Jesus é um reino de amor, e está dentro de nós. Não se mistura, nem se confunde com o reino humano. os discípulos do Senhor devem resistir à tentação da popularidade, e querer fazer coisas que seu Mestre não quis.
 
Os discípulos de Jesus são chamados para transformar este mundo pela força do amor e da caridade,  e não dos mecanismos de poder. Erram aqueles que usam do discurso religioso para tentar assumir o poder e impor uma visão cristã de mundo. O cristianismo não é imposto. O cristianismo tem que ser livremente assumido. A palavra de Deus não é forte. A palavra de Deus é fraca, pois admite ser ignorada, rejeitada, martirizada.
 
Que os discípulos possam ser como Jesus. Abrir mão de todos os mecanismos de poder, de comando, de status. Não temos o poder, nem o domínio, nem o direito sobre a vida de ninguém. Somos chamados a fazer o bem. A testemunhar no mundo pelo amor.
 
Que assim seja eternamente. Amém.