quarta-feira, 3 de maio de 2017

Das funções realizadas pela Igreja

Há muitas funções realizadas na igreja que se pretende cristã, e elas estão intimamente interligadas umas com as outras. Vejamos:

ADORAÇÃO

A adoração significa glorificar a Deus por conta de seus grandes feitos e atributos, o que pode ser feito por intermédio de nossas orações e louvores a Ele dirigidas. São atos voltados exclusivamente para o Senhor, mas que edifica também os crentes. O Senhor deve ser o centro de toda a adoração e dos atos dos fiéis (Romanos 11.36; 16.27; 1 Coríntios 10.31; Efésios 3.20-12; Filipenses 4.20; 1 Tim 1.17; 3.16). Pensando de maneira ampla, fora das fronteiras eclesiásticas, pode ser vista como um estilo de vida.


O louvor, como um ato de adoração, era uma prática comum no antigo testamento, como podemos ver no livro de Salmos.

Podemos nos perguntar se há alguma forma “mais santa”, ou “mais correta”, relativa à adoração. Devem ser utilizados elementos simbólicos? E gestos corporais? Independente da resposta que se dê, tudo deve ser feito com decência e ordem (1 Co 14.40).


COMUNHÃO

É a fraternidade/amizade/amor/afeto vivida entre os irmãos. “Koinonia” signifca manter as coisas em comum. Um desafio muito grande nestes tempos individualistas. Existe a fim de estreitar os laços de amor entre os membros, glorificando a Deus por conta disso, e proclamando ao mundo o evangelho por meio de um estilo de vida.

São inúmeros os textos no Novo Testamento com a expressão “uns aos outros” (Efésios 5.19; Colossenses 3.13-16; Gálatas 6.2;Tiago 5.16), sendo que até mesmo o sofrimento e alegria são compartilhados (1 Co 12.26).

Um fato muito importante na comunhão é que seremos reconhecidos como discípulos pelo amor que tivermos uns para com os outros (João 13.34-35). Além do que, a unidade entre os irmãos foi motivo de oração da parte de nosso Senhor (João 17.20-21).


EDIFICAÇÃO

É mútuo amadurecimento/crescimento/aperfeiçoamento no/do corpo de Cristo que tem como alvo os seus membros.

É a finalidade dos dons dados aos membros (Efésios 4.11-16) – note que nessa passagem, todos os dons são aqueles voltados para alguma forma de proclamação/instrução. Foi algo notável durante a Reforma Protestante, por exemplo, a função educacional da Igreja.

Toda a atividade comunitária deve ser voltada para a edificação, notadamente o falar ( Efésios 4.29). Os dons espirituais são voltados para a edificação (1 Coríntios 14.4-5, 12, 17, 26). Os dons são praticados em comunidade, pois somos membros uns dos outros (Romanos 12.4-8).

EVANGELISMO:

É o ato de proclamar o Evangelho, voltado para os "de fora". 

Foi o último mandamento descrito do evangelho de Mateus (28.18-20) – pregar o evangelho para todas as pessoas é a função principal de todo membro da Igreja. Para isso foi dado o poder do Espírito, para testemunhar (Atos 1.8).

Todos os membros da igreja devem estar engajados na tarefa de auxiliar na expansão mundial do evangelho, orando, contribuindo e indo. É preciso evitar a tendência de “olhar somente para o próprio umbigo” da igreja local. Imagine se no Brasil inteiro, cada um que se diz cristão contribuísse com “um real” que fosse para missões transculturais, que maravilha seria. Educamos hoje nossos filhos para serem bons profissionais, mas é muito raro alguém educar o filho com o desejo de que seja um missionário. É bem possível que a maioria de nós hoje, no fundo, prefira que isso não aconteça.


CARIDADE/AÇÃO SOCIAL:

É o ato de ajuda material, emocional e espiritual aos aflitos, tendo como alvo principalmente aos de dentro, estendendo-se aos de fora da comunidade. 

A religião pura e sem mácula é ajudar os necessitados (Tiago 1.27), sendo que a ausência de caridade mostra a invalidade da fé (Tiago 2.15-17). A caridade é um coração verdadeiramente aberto ao irmão (1 João 3.17-18) sendo que na igreja primitiva não tinha nenhum necessitado entre os irmãos(Atos 4.32-35).

Será que essas atividades têm ocorrido em sua comunidade? Em caso negativo, de que modo você poderia contribuir para que sejam implementadas? Entendo que é o ideal que todas essas coisas aconteçam na comunidade, pois isso trará um equilíbrio entre todas as atividades. Mãos à obra, então!